Para quem almeja estudar Direito e seguir por este caminho profissional, uma das grandes vantagens, sem dúvida, é a ampla oportunidade de atuação. O Bacharel em Direito pode atuar como advogado, após realizar o curso e ser aprovado na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); pode também seguir a carreira pública como juiz(a) ou promotor(a); ou mesmo seguir a via acadêmica tanto como docente quanto como pesquisador(a).

O curso, claro, apresenta muitas outras possibilidades de atuações mais específicas, dependendo do gosto profissional do aluno, das especializações escolhidas e das habilidades desenvolvidas ao longo da trajetória. Por isso, o estudante precisa se inserir em uma instituição capaz de explorar todas as possibilidades profissionais, a fim de extrair o melhor desempenho de suas habilidades e encontrar a área ideal para seu perfil.

Neste post, a FMP vai detalhar as principais áreas de atuação para quem está pensando em estudar Direito. Confira!

1. Advocacia

Graduate study abroad program concept : Graduation cap on a balance scale of justice and a certificate / diploma. Graduate study abroad program is a program that accept students from foreign countries

Sem dúvida, a advocacia é uma das áreas mais tradicionais de atuação dos profissionais do Direito. No mercado de trabalho, atua-se, segundo as leis vigentes, na defesa de direitos de determinado cliente, seja ele pessoa física ou jurídica. O advogado pode atuar em várias áreas específicas, como, por exemplo:

  • Direito Civil — trabalha na defesa dos interesses associados ao indivíduo, ou seja, atua na representação dos direitos individuais, como a posse de bens, transações comerciais, entre outras obrigações de ordem privada; 
  • Direito Penal — atua na representação em ações criminais, podendo, assim, defender os interesses tanto pessoa física quanto jurídica; 
  • Direito Trabalhista — representa os direitos e obrigações nas relações trabalhistas entre empregadores e empregados, além de poder trabalhar na área sindical e previdenciária;
  • Direito Ambiental — trabalha na preservação de direitos na relação entre o homem e o meio ambiente, por meio das leis regidas pelo Código Florestal e pela Constituição Federal; 
  • Direito de Família — o profissional regula aspectos de convívio familiar, atuando por meio de preceitos que abrangem organização, estrutura e proteção da família;
  • Direito Digital – trabalha nas questões jurídicas relacionadas à internet e à tecnologia, defendendo interesses de pessoas físicas ou jurídicas.

2. Carreira Jurídica

Na carreira jurídica, o profissional do Direito também tem muitas opções de atuação. Seguir a carreira pública, em alguns casos, exige, além da aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil, a prestação de um concurso público específico para a área desejada, nos âmbitos municipal, estadual ou federal. Vamos a alguns exemplos de áreas da carreira jurídica:

  • Magistratura — a magistratura é uma das áreas mais almejadas pelos estudantes de Direito. Seguir na carreira de juiz exige atuação comprovada no Direito de pelo menos três anos, além de aprovação em concurso público; 
  • Ministério Público — atua, sobretudo, nas relações entre os cidadãos e a esfera pública, promovendo ações penais e fiscalizando o cumprimento das leis. Para exercer cargos como, por exemplo, Promotor de Justiça, que é o agente do Ministério Público responsável pela acusação nos julgamentos, o bacharel em Direito precisa ter aprovação no exame da OAB, ter o mínimo de três anos de experiência profissional comprovada e ser aprovado em concurso público específico;
  • Defensoria Pública – o papel de atuação da Defensoria Pública se baseia na orientação e defesa jurídica, em todas as instâncias, da população carente, o que garante acesso à justiça de forma gratuita e integral. Por tratar-se de cargo público, exige-se, portanto, concurso específico para área, além de comprovação de experiência profissional.
  • Polícia – o Delegado de Polícia atua como chefe da Polícia Civil ou Federal e tem função investigativa, ou seja, trabalha na apuração de infrações penais, sendo o responsável pelos inquéritos policiais. Assim como quase todas as funções públicas, trabalhar como Delegado de Polícia exige, além do vínculo com a OAB, a aprovação em concurso específico.

3. Carreira Acadêmica

Estudantes de Direito também podem optar pela carreira acadêmica, cujo foco pode estar em lecionar no Ensino Superior ou em cursos preparatórios, tanto para o exame da OAB quanto para concursos públicos. Para seguir nessa área, no entanto, é fundamental que o estudante siga adiante na graduação, isto é, realizando pós-graduação, mestrado e doutorado, a fim de ter melhores oportunidades profissionais e também mais bagagem teórica para compartilhar em sala de aula.

Para seguir um caminho de sucesso no Direito, você precisa contar com uma instituição de excelência, capaz de prepará-lo(a) para todos os desafios que a vida profissional exige. Conheça a Fundação Escola Superior do Ministério Público, a Melhor Faculdade de Direito Privada do RS, e todas as possibilidades de graduação, pós-graduação e especialização proporcionadas por uma instituição especializada no ensino jurídico. Saiba mais.

Quer ficar por dentro de mais dicas? Acompanhe o nosso blog

Leia mais: Sua faculdade tem essas 5 qualidades?

FMP - Fundação Escola Superior do Ministério Público
Autor

Somos a Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP), criada em 1983 por Promotores e Procuradores de Justiça do Estado do RS. Somos uma instituição de ensino privado com foco absoluto no Direito e especializada no ensino jurídico. Há mais de 35 anos preparamos e qualificamos estudantes e profissionais da área jurídica.

Escreva um comentário